Como definir uma persona para a sua empresa


A Persona tem sido uma ferramenta cada vez mais comentada e adotada nas estratégias e planejamentos internos das empresas. A Persona é um recurso muito útil para segmentação de público, trazendo vários benefícios que aumentem os resultados internos nas áreas de Marketing e Vendas das empresas.


Mas como esse conceito surgiu? Qual é, de fato, a sua definição e quais são seus benefícios? É o que você vai descobrir a seguir. Então venha conferir!


Como surgiu a Persona?


As personas surgiram em 1983, por meio do programador Alan Cooper que teve a ideia de desenvolver um software de gestão de projetos e resolveu entrevistar algumas pessoas com o objetivo de saber qual o perfil dos usuários.

A partir das respostas que foram adquiridas, criou-se uma personagem imaginária nomeada Kathy e, assim, foi possível originar um software que possibilitou a melhor experiência possível para o possibilitador. Em 1998, Cooper publicou um livro, no qual foi usado pela primeira vez o termo Buyer Persona e desde então esse conceito tem sido otimizado.

Assim foi criada a Persona, ferramenta que hoje é considerada indispensável para toda e qualquer estratégia de sucesso. A criação da sua Persona é o alicerce para o Marketing Digital da sua empresa.


Mas o que é a Persona?


Sabendo como surgiu e por quem foi criado, vamos buscar entender melhor o que é Persona. Persona, ou Buyer Persona, é um perfil semi fictício que representa o cliente ideal de uma empresa, criados para ajudar seu negócio a compreender melhor quem é o cliente e do que ele precisa. As Personas permitem estratégias de Marketing mais acuradas.


Portanto, uma Persona é, como o nome sugere, uma personagem criada para ajudar sua empresa a compreender melhor quem é o cliente e do que ele precisa. É possível que uma empresa tenha mais de uma Persona por dispor de um ou mais produtos que se resolvam. Imagine toda a sua estratégia voltada para o seu cliente ideal? A Persona é capaz de proporcionar resultados com muito mais direcionamento, pois você sabe que está falando com quem realmente precisa da sua solução.


As aplicações da Persona são inúmeras, mas para quem trabalha com Marketing de Conteúdo, a principal delas é tornar sua estratégia de Marketing mais efetiva atingindo maiores resultados. Afinal, uma boa Persona descreve com detalhes o seu comprador ideal, ou seja, aquela pessoa perfeita para comprar o seu produto ou serviço e é com ela que queremos conversar.


Qual a diferença entre persona e público-alvo?


É importante diferenciar Persona de Público-alvo, visto que este segundo não caiu em desuso por causa do primeiro, já que para conseguir criar Persona é preciso identificar o Público- alvo. Também conhecido por Target, o público-alvo é um recorte demográfico, comportamental e socioeconômico de pessoas que podem ser alcançados pelo produto/serviço que sua empresa oferta.


Para que seja criado um público-alvo, geralmente são considerados as seguintes informações:


• idade;

• sexo;

• localização;

• classe social;

• formação educacional;

• poder aquisitivo e hábitos de consumo.


Assim, observa-se que a noção de público-alvo é mais ampla, sem muito detalhamentos, enquanto o conceito Persona é mais específico, pois aprofunda mais os dados reais dos consumidores.


O que é ICP?


O ideal Customer Profile (ICP) ou Cliente ideal refere-se ao consumidor que toda empresa deseja ter. Esse consumidor é aquele que já é envolvido com a marca, entende o uso do produto ou serviço, e consome com a regularidade e se sente satisfeito. A ICP é mais centrado em vendas, e por meio de informações que complementam os dados trazidos pelo Público- alvo, possibilita que o tratamento que o tratamento e a comunicação sejam mais nivelados com as necessidades dos clientes.


A criação do ICP pode ser adotado para negócios B2B (empresas que vendem para outras empresas) e para negócios B2C (empresas que vendem para consumidor). Para definir o cliente ideal de empresas B2B, os seguintes dados costumam ser considerados: porte e localização da empresa, estrutura da equipe, segmento da atuação, ciclo de vendas, ticket médio e maturidade do mercado.


Benefícios de construir uma persona para sua empresa?


Existem vários benefícios da persona que pode ajudar sua empresa e alguns deles são:


• Comunicação direcionada = Quando você sabe com quem está falando a produção de conteúdo se torna mais eficiente, uma vez que será possível adequar a linguagem e o tom para que essas pessoas sejam sensibilizadas.

• Definição da etapa do funil de vendas = Ao definir-se a persona torna-se possível compreender em que etapa do funil ela se encontra. Assim a criação de conteúdo precisa ser determinada em relação ao momento em que seu consumidor se encontra.

• Importância para sua marca = Ao entender que as pessoas valorizavam e o que esperam da sua empresa, seus conteúdos são criados de maneira estratégica e seu negócio alcança maior credibilidade, tornando-se autoridade do seu segmento de atuação.

• Conquista de um diferencial competitivo = Ter uma persona bem definida permite que você avalie periodicamente se seus serviços e/ou produtos estão de acordo com a necessidade dos seus clientes, acelerando seus resultados e conquistando diferencial no mercado.


Como criar uma persona


Após observar os benefícios que essa ferramenta pode oferecer para a sua empresa é importante saber que informações coletar para que possa definir a sua Persona. É a partir desses dados que será possível elaborar o personagem que se encaixe no perfil ideal da sua empresa e utilizar isso como base para definir estratégias que alcancem seus clientes de maneira prática e efetiva.


E quais são os dados que você deve coletar para definir sua Persona?


Algumas informações básicas para definir uma Persona são:


• Idade;

• Cargo;

• Hábitos;

• Frustrações;

• Desafios;

• Crenças;

• Hobbies;

• Estilo de vida;

• Hábitos de compra;

• Quais mídias preferem;

• Quem os influencia;

• Quais tecnologias usa.


É importante traçar um modelo mais completo e fiel possível da realidade dos seus clientes mapeando todos os sentimentos, ambições e rotina de vida. Só assim você será capaz de compreender de fato o seu consumidor e atingir êxito em suas ações estratégicas.


Também vale a pena frisar que essas informações servem como base para construir a Persona. No entanto, dependendo do segmento e nicho da empresa no mercado de trabalho, serão necessários mais ou menos dados sobre o cliente para montar o seu perfil ideal. Por isso, sugerimos fortemente que pesquise bem e entenda bastante sobre o ambiente que cerca a sua empresa bem como as suas possibilidades de mercado.


Agora que você já conhece sobre o conceito de Persona e já sabe as informações básicas para construir uma persona, você já pode começar a criar estratégias que vão de encontro com a sua empresa e com o perfil do seu público.



Gostou desse post? Então separamos aqui mais dois artigos que podem te interessar:


O que é Marketing Digital - https://www.onlydigimkt.com/post/o-que-%C3%A9-marketing-digital


O que é funil de vendas - https://www.onlydigimkt.com/post/o-que-%C3%A9-funil-de-vendas

8 visualizações