Inteligência de Negócios: Dashboard, Remarketing e Modelos de Atribuição



Nesse post iremos compreender um pouco melhor o que é Inteligência de Negócios, como também Dashboard, Remarketing e Modelos de Atribuição e como esses podem contribuir para o Marketing Digital da sua empresa.


O que é Inteligência de Negócios?


Inteligência de Negócios ou Business Intelligence (BI) em Inglês, refere-se ao processo de coleta, organização, análise, compartilhamento e monitoramento de informações que oferecem suporte a gestão de negócios. Ou seja, é um conjunto de técnicas e ferramentas para auxiliar na transformação de dados brutos em informações significativas e úteis a fim de analisar o desempenho de uma empresa.


O BI ajuda a desenvolver, identificar e até mesmo criar estratégias de negócios. O seu grande objetivo é permitir uma fácil interpretação do grande volume de dados. E assim, implementaram-se novas estratégias efetiva baseada nos dados para promover negócios e uma estabilidade a longo prazo.


As funções habituais do BI são: relatórios, processos de análise online, análises, mineração de dados, processamento de eventos complexos, gerenciamento de desempenho dos negócios, benchmarking, mineração de texto, análises previsíveis e análises prescritivas.


Há várias ferramentas que fazem parte da Inteligência de Negócios. No entanto, neste post iremos nos deter em Dashboard, Remarketing e Modelos de Atribuição. E você verá cada um a seguir. Então confira!


Dashboard


Dashboard, no contexto de TI, é um painel visual que apresenta um conjunto de informações que são: indicadores e suas métricas. Em muitos casos, essas informações auxiliam na tomada de decisões de estratégias no Marketing Digital.


Por meio do Dashboard, é possível ter uma noção global dos processos do seu negócio, podendo visualizar também, de forma dinâmica e objetiva, dados referentes a projetos específicos.


Usar Dashboards é uma forma de dinamizar o trabalho de gestão de um negócio, pois você fica livre de planilhas extensas e relatórios e tem acesso a informações mais claras e eficientes sobre algo pontual.


Sendo assim, você tem acesso a dados que verdadeiramente interessam naquele momento, tudo em uma única tela, atualizado em tempo real e de forma automática, sem a necessidade de utilização de profissionais para atualizar tudo manualmente.


Remarketing


Remarketing é uma poderosa ferramenta, criada pelo Google Adwords, para divulgar anúncios a pessoas que tenham se interessado por um produto e serviço. Esses anúncios são veiculados em blogs, redes sociais, sites de conteúdos e jornais onlines.


Quando as pessoas fazem uma visita a um site interessados em comprar algum produto, mas por algum motivo, não compram, o remarketing começa a exibir anúncios em forma de ofertas ou mensagens sobre aquele tipo de compra para incentivar as pessoas a voltarem ao site e realizarem a compra. O remarketing é muito utilizado por empresas que têm lojas virtuais na internet como, por exemplo, e-commerces.


Modelos de atribuição


O modelo de atribuição é um meio de monitorar a jornada do consumidor e entender sobre o seu produto durante sua conversão de venda, para que você saiba atribuir pesos corretamente para cada canal que tenha influenciado a compra.


Para utilizar essa ferramenta, é necessário a consciência da importância do seu negócio estar em diversos canais e o conhecimento da jornada do seu consumidor. Por isso, a utilização correta dos modelos de atribuição podem ser sua grande aliada no momento de escalar a performance de cada mídia que você utiliza, aumentando sua capacidade de tomar decisões e ter insights.


O modelo de atribuição resolve problemas como segmentação deixando o mundo do marketing menos complexo com tantas opções, canais e tipos de consumidores. Nós sabemos o quanto pode ser uma tarefa difícil entender exatamente onde, como e por onde começar a focar suas ações. É difícil saber que consumidores você deve atingir e quais são as técnicas corretas, se são os anúncios no Facebook Ads, e-mails ou mais.


Vamos visualizar melhor isso, com um exemplo. Imagine que o usuário viu um anúncio do seu produto enquanto rolava a barra do feed do Facebook, resolveu descobrir o valor e fez uma pesquisa no Google, e só depois de uma longa comparação de preços e benefícios de outras empresas é que fechou a compra. É nessa hora que entra os modelos de atribuição, só com um modelo é que será possível atribuir os créditos necessários para cada canal e aprender a utilizá-los e coordená-los de acordo com os seus objetivos estratégicos.


Uma das ferramentas mais conhecidas é o Google Analytics, ele oferece diversos modelos de atribuição e ainda permite que você os personalize. Alguns dos principais modelos de atribuição são: Modelo Last Click, Modelo Last Click Non-Direct, Modelo First Click, Modelo Linear, Modelo Position Based e Modelo Time Decay.


Entender sobre Inteligência de Negócios ajuda cada vez mais a sua empresa a aprimorar as estratégias do Marketing Digital e obter maiores resultados no meio digital.


E se você ficou interessado em aprofundar mais no assunto sobre modelos de atribuição, leia o nosso texto Modelos de Atribuição


(https://www.onlydigimkt.com/blog/o-que-%C3%A9-modelo-de-atribui%C3%A7%C3%A3o)

0 visualização